Apesar do crescimento da popularidade da massagem e de seus benefícios em nossas vidas, ainda há alguns mitos e versões não verdadeiros, que devem ser anunciados e divulgados para que possamos evitar problemas e mal-entendidos, que possam prejudicar nossos tratamentos.

Mito 01 – Massagem é tudo igual.

Essa afirmação não poderia ser mais falsa e equivocada. Existem dezenas de modalidades, técnicas e tipos de movimentos de massagens. Depende somente da aplicação e dos objetivos e metas almejados.

Mito 02 – Massagem boa é a que dói!

Certamente que em alguns tipos de massagem, como aquela praticada em músculos mais profundos, de forma mais firme e vigorosa, podem trazer um pequeno desconforto ou algumas dores após a aplicação.
Isso ocorre pois os músculos maiores são manipulados com mais força e tensão para trazer o relaxamento desejado a esses grandes grupos musculares. Desta forma, podemos sentir uma leve dor similar àquela que temos após uma sessão de exercícios físicos. Sendo absolutamente normal.

Mito 03 – A massagem não é indicada para grávidas.

Nem todas as massagens são contraindicadas na gravidez. Alguns tipos de massagem, ao contrário, são extremamente indicadas para grávidas.

Existem técnicas de massagem pré natal que são muito benéficas nesta fase, reduzindo as dores musculares, lombares, enxaquecas e enjoos; simplesmente porque atuam reduzindo os hormônios do estresse, ajudando a gestante a relaxar, se sentir melhor e corrigindo a postura.

Conheça nosso curso de Massoterapia e saiba tudo sobre o mundo da massagem!

Abrir no Whatsapp
Precisa de ajuda?