Os equinos ajudam na realização de diversas atividades na fazenda, além de serem também um grande companheiro nos momentos de lazer e aliados nas terapias. Para prolongar sua vida e manter a saúde dos cavalos satisfatória, são necessários alguns cuidados de rotina.
Entre eles, no que diz respeito ao manejo sanitário, as ações mais habituais são a vacinação, a vermifugação e o casqueamento. 


Veja aqui os 04 principais cuidados para garantir a saúde dos cavalos.


1. Raspe os dentes do animal

Fique sempre atento ao comportamento do seu bicho, observando se existe perda de peso ou dificuldade para mastigar. O confinamento altera o desgaste natural dos dentes, e a alimentação, quando processada, exige menos mastigação, fazendo com que a arcada dentária permaneça alongada.
Por isso, o dente do seu animal necessita ser raspado pelo menos uma vez ao ano. Essa prática evita uma série de doenças odontológicas e mantém as possíveis pontas, que podem ferir o interior da boca, niveladas.


2. Apare os cascos e use ferradura

Os cascos devem ser verificados todos os dias, para que o animal fique habituado à manipulação. Caso ele não realize atividades físicas diárias, deve-se manter uma periodicidade adequada entre as avaliações. Na inspeção, deve ser realizada a limpeza do casco do cavalo, observando se não existem rachaduras ou podridões na ranilha.
É importante apará-los em média a cada 6 semanas. O casqueamento da região é necessário para corrigir as irregularidades do crescimento. Trata-se de uma atividade que precede o ferrageamento, sendo este indispensável para os cavalos que andam em solo rochoso ou asfaltado. Não prolongue o período entre as ferrações, pois isso pode ocasionar uma lesão no animal.


3. Evite abrigar o cavalo molhado

Não é recomendado dar banhos constantes nos animais, mas quando o fizer, escolha dias ensolarados e utilize água e shampoo específicos para cavalos. Após o banho, deixe o animal secar ao sol e evite levá-lo ao estábulo antes de se certificar de que a pelagem secou completamente.
Abrigar o animal molhado pode acarretar doenças de pele, como a dermatite. Além disso, a umidade compromete a integridade do casco, podendo levar ao seu apodrecimento. Por isso, fique atento a esse cuidado para preservar a saúde dos cavalos.


4. Realize as vacinações

A maior parte das enfermidades pode ser evitada. Para isso, é importante que o proprietário planeje com um médico-veterinário um programa eficiente de vacinas para seus animais. Os equinos devem ser imunizados contra tétano, raiva, influenza, encefalomielite, rinopneumonite, entre outras doenças.
Para realizar a vacinação, é preciso que os cavalos estejam livres de parasitas. Assim, a vermifugação também é importante na criação desses animais. Ela evita que eles sejam acometidos pela perda de peso ou, até mesmo, cheguem a morrer.


Conheça nosso curso de auxiliar veterinário e torne-se um profissional completo!

#vemsercursos💜