Um sono reparador e adequado é fundamental para nosso bem-estar e saúde geral. Noites bem dormidas significam um sistema imunológico mais eficiente e uma qualidade de vida muito melhor.

Problemas para dormir podem desencadear uma série de complicações para nossas saúdes, tais como queda na concentração e rendimento, aumento de peso e obesidade, problemas cardíacos, falta de reflexos e mau humor.

Além disso, insônia crônica nos deixa totalmente sem ânimo, com cansaço extremo e sérios problemas cognitivos. Assim, não apenas a quantidade de sono é importante, mas a qualidade também.

Uma boa nutrição e exercícios físicos são sempre recomendados para quem tem problemas ou distúrbios do sono. Outra alternativa é a implementação de massagem na rotina diária de quem sofre de insônia regularmente.

Entre os principais benefícios encontrados por aqueles, adeptos à massagem, foram: redução da ansiedade, das dores musculares e tensionais (como dores de cabeça).

Outras males também foram mitigados, com o emprego da massagem, que interferem diretamente na qualidade do sono, tais como: lesões musculares, dores nos nervos, distúrbios digestivos, depressão e até mesmo dores relacionadas a problemas nas articulações.

Muitas pesquisas e estudos recentes demonstraram claramente que a massagem é extremamente benéfica no relaxamento, diminuição da fadiga e melhora da qualidade do sono, inclusive nos pacientes com histórico de câncer, fibromialgia, problemas cardíacos, dores nas costas e desordens mentais.

A massagem mantem a pessoa mais tempo dormindo na fase profunda do sono, que é o nível quando há os maiores reparos e restauração do nosso estado geral.

É importante que alcancemos esta fase profunda do sono, pois é nela que nossa saúde é restaurada e nossos neurotransmissores relacionados à dor são reduzidos.

Muitas modalidades de massagem são aconselhadas para casos de insônia. Entre as principais, podemos destacar: a massagem sueca e a massagem profunda (tecidos profundos).

A química do sono tem uma relação muito peculiar com a massagem, pois esta atua diretamente na produção de serotonina, que é também essencial para a produção de outro hormônio importantíssimo: a melatonina.

Com o aumento destes hormônios, nos tornamos mais relaxados e dispostos a descansar e a dormir. Basta uma massagem de trinta minutos, para que nossos níveis de serotonina aumentem e que sintamos uma melhora significativa no sono.

Conheça nosso curso de massoterapia e saiba tudo sobre o mundo da massagem!

Abrir no Whatsapp
Precisa de ajuda?