A higiene bucal e dentária do seu cão pode ser algo que você não leve muito em consideração. No entanto, ela é muito importante, porque pode melhorar a qualidade de vida e evitar doenças.

 

O que você deve saber sobre a higiene bucal e dental.
A primeira coisa que você precisa saber é que a higiene bucal e dental do seu cão é responsabilidade sua, já que eles não são capazes de fazê-la sozinhos. Ela deverá começar desde filhote, pois com duas ou três semanas de vida, ele já vai ter 28 dentes e a dentição permanente não vai demorar a surgir. No momento em que tiver seis meses de vida, o cão já vai ter os 42 dentes que vai levar consigo por toda a vida.


Quais os riscos de uma má higiene bucal e dental?
Quando não existe uma boa higiene bucal, os problemas de saúde podem surgir antes dos três anos de idade como, por exemplo o tártaro. O tártaro é o acúmulo de cálcio e fósforo da qual se aproveitam as bactérias presentes na boca. Essas bactérias vão degradando as gengivas, causando gengivite no animal e fazendo com que ele perca seus dentes. COMO MANTER UMA BOA HIGIENE BUCAL NO SEU PET.

 

1.º Comece com uma consulta ao veterinário. O melhor é que o veterinário examine a boca do seu cão e determine se há ou não algum problema que deve ser tratado. Via de regra, para fazer um exame completo, é aplicada anestesia geral no cão.

 


2.º
 Peça a seu veterinário que ele faça uma demonstração. Muitos veterinários estão dispostos a mostrar como você pode fazer uma boa escovação dos dentes do seu cão.

 

3.º Procure uma pasta de dentes apropriada. Nunca pense em limpar os dentes do seu cão com pasta de dentes para seres humanos, pois existe uma pasta especial para cães que você pode comprar nas clínicas veterinárias ou nos Pet Shops.Você deve escolher uma pasta de dentes que seja enzimática, que tenha maior ação sobre as bactérias e que possa ser ingerida sem problemas.